Depois de 27 anos, o Internet Explorer (IE) chegou ao fim. A Microsoft vai encerrar o suporte ao principal navegador dos anos 2000 a partir desta quarta-feira (15), quando a empresa passa a se dedicar exclusivamente ao Edge.

Embora o fim do Explorer já fosse esperado desde o lançamento do sucessor, em 2015, a principal evidência só chegou em 2020. Naquele ano, a Microsoft anunciou que produtos como Teams e Office 365 não seriam compatíveis com o navegador antigo.

Contudo, o anúncio oficial foi feito em maio de 2021, quando a empresa disse que o IE seria substituído pelo Edge, navegador nativo do Windows 10 e 11, a partir de 15 de junho de 2022.

“O Microsoft Edge não só é um navegador mais rápido, seguro e moderno que o Internet Explorer, como também é capaz de lidar com uma preocupação importante: a compatibilidade com aplicativos e sites antigos”, afirmou a Microsoft em post no blog oficial.

O Edge tem a opção de ativar o modo IE, no qual o usuário navega na internet como se estivesse usando o navegador antigo. Isso permite que sites mais antigos, projetados para o software, sejam acessados.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *