O Governo do Estado vai destinar mais R$ 22 milhões para pagamento do Auxílio Pernambuco em 28 municípios da Mata Sul e do Agreste Meridional que decretaram situação de emergência após as chuvas do início de julho. A previsão é de que até 14.815 famílias sejam beneficiadas nesta etapa da ação. Além disso, 13 mil kits do programa Pernambuco que Alimenta terão a distribuição adiantada para as próximas semanas com o objetivo de suprir necessidades básicas da população em vulnerabilidade social e enfrentar a insegurança alimentar e nutricional nessas localidades.

“Desde o primeiro momento, com coordenação do governador Paulo Câmara, estamos em contato direto com os municípios no sentido de fazer esse atendimento no que concerne à parte de assistência social. Os recursos do Auxílio Pernambuco serão repassados, mediante aprovação de projeto de lei enviado para a Assembleia Legislativa, e também faremos o adiantamento das entregas do Pernambuco que Alimenta, sendo sete mil kits para os municípios da Mata Sul e cinco mil para os do Agreste Meridional”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, Edilazio Wanderley, durante reunião virtual promovida, na tarde desta terça-feira (12), pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).
Na primeira etapa do Auxílio Pernambuco, voltada a 30 municípios, 99,06% dos recursos estaduais já foram liberados, o que corresponde a R$ 121.236.435,86. Considerando outros seis municípios incluídos posteriormente na previsão de recebimento do benefício e os 28 que serão inseridos nos próximos dias mediante aprovação de projeto de lei, o montante total disponibilizado pelo Governo do Estado chegará a R$ 151.420.883,94, e o número de famílias beneficiadas, a 100.319.
Já o Pernambuco que Alimenta, programa lançado em maio deste ano e que conta com aporte de R$ 10 milhões, consiste na aquisição de gêneros alimentícios produzidos por agricultores familiares para destinação a famílias em situação de vulnerabilidade social, por meio de uma atuação conjunta entre as secretarias de Desenvolvimento Agrário e de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Em todo o Estado, 80 mil kits, com 16 quilos, estão sendo distribuídos. Eles contam com itens como banana, laranja, melão, inhame, macaxeira, batata doce e mel. A entrega é feita conforme indicadores da assistência social em cada localidade
Municípios que já receberam recursos para pagamento do Auxílio Pernambuco e valores recebidos:

Recife: R$ 33.051.902,05
Jaboatão dos Guararapes: R$ 18.625.044,23
Olinda: R$ 11.445.163,19
Paulista: R$ 9.863.584,11
Cabo de Santo Agostinho: R$ 5.908.238,60
Camaragibe: R$ 3.882.658,45
Abreu e Lima: R$ 4.306.327,47
Igarassu: R$ 4.286.630,80
São Lourenço da Mata: R$ 3.481.481,76
Goiana: R$ 2.724.113,02
Palmares: R$ 2.433.491,83
Moreno: R$ 2.171.843,80
Paudalho: R$ 2.090.769,77
Limoeiro: R$ 1.933.196,41
Timbaúba: R$ 1.767.363,15
Bom Jardim: R$ 1.759.992,79
Aliança: R$ 1.644.862,57
Sirinhaém: R$ 1.073.659,14
Glória do Goitá: R$ 1.069.084,43
Nazaré da Mata: R$ 1.052.310,49
Pombos: R$ 1.045.321,35
Vicência: R$ 850.514,92
Macaparana: R$ 801.209,71
Chã Grande: R$ 799.049,43
Araçoiaba: R$ 702.599,29
São José da Coroa Grande: R$ 688.366,85
Lagoa do Carro: R$ 638.426,26
São Vicente Férrer: R$ 608.944,80
Tracunhaém: R$ 530.285,19

Total já repassado: R$ 121.236.435,86 (99,06%)
Total a ser executado (1ª etapa): R$ 122.387.483,85
Município ainda com pendências cadastrais:
Passira (receberá R$ 1.151.047,99)
Municípios incluídos na lista de localidades beneficiadas pelo Auxílio Pernambuco pela Lei nº 17.836, de 30 de junho de 2022, e valores a serem recebidos:

Chã de Alegria: R$ 595.983,12
Correntes: R$ 687.604,40
Itamaracá: R$ 912.654,74
João Alfredo: R$ 969.584,47
Primavera: R$ 543.882,25
Quipapá: R$ 789.391,71

Total previsto: R$ 4.499.100,69

Municípios da Mata Sul e do Agreste a serem atendidos pelo Auxílio Pernambuco e valores a serem recebidos:

Água Preta: R$ 1.080.394,13
Águas Belas: R$ 1.959.500,99
Angelim: R$ 420.110,91
Barreiros: R$ 1.843.735,40
Belém de Maria: R$ 536.257,73
Bom Conselho: R$ 1.601.911,12
Brejão: R$ 396.601,98
Caetés: R$ 1.085.858,36
Calçado: R$ 358.098,17
Canhotinho: R$ 782.275,49
Capoeiras: R$ 715.052,66
Catende: R$ 1.857.840,76
Correntes: R$ 687.604,40
Cortês: R$ 565.866,27
Jaqueira: R$ 469.543,20
Jucati: R$ 425.956,38
Jupi: R$ 629.403,92
Jurema: R$ 669.051,41
Lagoa do Ouro: R$ 484.792,24
Iati: R$ 891.051,94
Itaíba: R$ 1.145.075,45
Maraial: R$ 489.875,25
Palmeirina: R$ 323.025,39
Panelas: R$ 973.905,03
Paranatama: R$ 585.181,72
Saloá: R$ 568.916,08
São Benedito do Sul: R$ 413.884,22
Terezinha: R$ 261.012,65

Total previsto: R$ 22.221.783,25

Auxílio Pernambuco (recursos totais): R$ 151.420.883,94
Famílias a serem atendidas: 100.319

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *