O Blog de Jamildo revelou, que reunião, entre a Secretaria de Administração de Pernambuco (SAD) e Procuradoria Geral do Estado (PGE), debateu possíveis manobras jurídicas para adiar a implantação do piso da enfermagem para os profissionais da rede estadual de saúde.

O prazo para pagamento é 31 de dezembro deste ano de 2022. No documento, a entidade sindical diz que vai entrar na Justiça caso o Estado ultrapasse o prazo de dezembro.

O piso é decorrente de lei sancionada recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem, categoria beneficiada pelo piso, já tinha protocolado um ofício, pedindo uma reunião com o Governo do Estado.

Agora, o Sindicato protocolou um novo ofício, dizendo que poderá processar o governador Paulo Câmara (PSB), caso o gestor não implante o piso salarial.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *