O zagueiro Ítalo Melo, revelado no Santa Cruz, direcionou uma publicação xenofóbica contra quem é do Nordeste no último domingo (30), quando aconteceu o segundo turno da eleição para a presidente da República. Eleito presidente para um terceiro mandato, Luiz Inácio Lula da Silva recebeu uma votação expressiva de eleitores da região.

Após a confirmação de que 69,34% dos eleitores de Lula foram do Nordeste, o defensor publicou em seu perfil no Instagram: “Nordestino tem que se f… mesmo para aprender”.

Nas redes sociais, diversos torcedores do clube coral repudiaram a declaração do jogador, que atualmente atua no Carlos Reneux, de Santa Catarina. Muitos cobraram um posicionamento do Santinha sobre o assunto.

Após a repercussão negativa, Ítalo Melo divulgou no Instagram um pedido de desculpas. Segundo o zagueiro, ele “agiu sem pensar”.

“A todos que fazem parte dessa grande e histórica torcida tricolor, venho aqui deixar os meus mais sinceros pedido de desculpas. Ciente que todos nós, independente de sua ideologia, queremos única e exclusivamente o melhor para o nosso país”, e afirmou:

“Agi sem pensar. Minha postagem não reflete a realidade. Que o próximo presidente, escolhido pelo povo, faça um bom governo”, concluiu.

Nesta quarta-feira, o Santa Cruz publicou em seu site oficial uma nota na qual “repudia qualquer tipo de preconceito” , fala em “não dar vez ao radicalismo da política brasileira” e em respeitar o contraditório.

“A diretoria do Santa Cruz não admite qualquer tipo de preconceito, de qualquer tipo, em seus quadros funcionais.

O Clube tem por tradição a inclusão, foi criado pelos fundadores com esta finalidade. Por isto é o Clube das multidões. É uma potência sócio-desportiva e patrimonial exatamente por representar a admissão pioneira em Pernambuco da pluralidade étnica.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *