O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, fez mais um alerta nesta quinta-feira, 3, aos apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) que promovem atos golpistas desde a proclamação de vitória de Lula (PT) no segundo turno das eleições presidenciais. Durante sessão plenária da Justiça Eleitoral, Moraes destacou que o segundo turno “acabou democraticamente” no domingo, 30.

“Os eleitores, em sua maioria massacrante, são democratas. Acreditam na democracia, acreditam no Estado Democrático de Direito e aceitaram democraticamente o resultado das eleições. Aqueles que criminosamente não estão aceitando, aqueles que criminosamente estão praticando atos antidemocráticos serão tratados como criminosos”, afirmou o magistrado.

Desde o fim da apuração das urnas, bolsonaristas têm bloqueado rodovias por todo o país e pedido por intervenção militar, em contestação ao resultado das eleições presidenciais. Segundo o ministro da Justiça, Anderson Torres, houve 37 prisões e 4.216 multas aplicadas a motoristas que bloqueiam rodovias federais em todo o País.

Já de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, sete estados ainda registravam 73 bloqueios ativos até o final da manhã. Todos os números citados foram divulgados nesta quinta.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *