O deputado estadual diplomado, Izaias Régis divulgou em suas redes sociais, uma nota defendendo o decreto assinado por Raquel e divulgado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (3), que exonera comissionados e suspende cessões de servidores.

“Fui prefeito por dois mandatos, e esse rito é absolutamente natural, os cargos comissionados são compostos pelas equipes de cada gestão. Há um governo que foi concluído e um outro que se inicia. Raquel tem que compor as equipes de acordo com o perfil de gestão que ela planejou e pretende realizar”, destaca Régis.

O deputado diplomado, justifica, dizendo que o mesmo movimento está acontecendo em outros estados e também na esfera federal. “Tenho certeza que Raquel vai reordenar tudo, conhecendo cada situação e sem deixar, como o próprio decreto explica, nenhuma área essencial descoberta”, afirma.

Izaias afirma ainda que nenhum movimento realizado pela governadora é feito de forma aleatória. Segundo ele, “ela tem um plano de gestão a cumprir que com certeza deixará o serviço público estadual mais eficiente, para atender a cada cidadão e cidadã pernambucanos de modo rápido, vendo o efeito das decisões do governo no seu cotidiano”, pontuou.

Mas, a grande questão que se está colocando em xeque, não é o que foi, mas sim da forma como feito. Como o blog esclareceu em matéria anterior, o problema é que a decisão tomada agora e da forma que foi, confunde, gera confusão. “Um dos sintomas de um governo que demorou a anunciar seu time, não favoreceu uma transição e agora pega a todos de surpresa. Pernambuco vive um pandemônio institucional”, avalia o jornalista Nill Júnior, editor chefe deste blog.

por André Luis

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *