Nas lojas Americanas em cidades como Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e São José do Egito, ninguém comenta, mas há apreensão e medo com a possibilidade de fechamento ou demissões.

Oficialmente, não chegou nenhum comunicado quanto a demissão ou fechamento de filiais da empresa na região.

Outra informação é de que, no momento, também não há problemas com o repasse do aluguel ou outros custos. Em Afogados, por exemplo, o blog apurou que o aluguel do prédio, pertencente ao empresário Fabiano Queiroz, está sendo pago regularmente.

A rede de lojas Americanas publicou carta aberta para falar pela primeira vez sobre a crise financeira e o rombo multibilionário que afetou a empresa. Assinado por João Guerra, CEO interino da Americanas S.A, o documento foi divulgado em jornais de todo o país. A empresa entrou com pedido de recuperação judicial e enfrenta a sua pior crise, mas garante que todas as encomendas serão entregues aos consumidores.

Por outro lado, a empresa já anunciou aos shoppings centers onde tem lojas físicas que não vai pagar os aluguéis devidos até a data do deferimento do pedido de recuperação judicial, em 19 de janeiro passado, por conta do efeito de suspensão de cobranças de dívidas autorizado pela Justiça do Rio de Janeiro.

por Nill Júnior

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *