O subcomandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, Major Julierme, apresentou nesta sexta-feira (24), durante o programa A Tarde é Sua da Rádio Pajeú, o balanço da Operação Carnaval realizada pela corporação durante os cinco dias da festa de Momo.

Apesar do tamanho da festa, principalmente em Afogados da Ingazeira, segundo o Major, durante todo o período festivo, apenas 13 ocorrências foram atendidas em focos de folia. Em Afogados da Ingazeira foram 11.

Para o subcomandante, o povo atendeu ao chamado das autoridades e saíram de casa com o espírito de paz. “Queriam verdadeiramente brincar o carnaval”, destacou.

O 23º BPM é responsável por 12 cidades da região do Pajeú. Mas se tratando de carnaval, os dois polos principais são Afogados da Ingazeira e Tabira. Também teve festa em Itapetim e Ingazeira, mas proporcionalmente menor que nos dois primeiros polos citados.

Detalhando as ocorrências, Major Julierme informou que foram duas de violência contra a mulher. “Mesmo com toda a conscientização que fizemos aqui na rádio no pré-carnaval, inclusive com a presença da delegada Andreza Gregório, ainda tivermos duas ocorrências de violência contra a mulher em focos de animação”, destacou.

Ele também listou duas ocorrências de porte de arma branca (faca), algumas ocorrências de desacato e resistência, três de pertubação de sossego, duas relacionadas a menor e bebidas alcoólicas e ainda porte de entorpecente, objeto perdido e uma por direção perigosa.

O subcomandante chamou a atenção para a necessidade de uma estrutura maior com relação à segurança para o carnaval do próximo ano. Para ele, Afogados se credenciou como um polo carnavalesco estadual, o que pode fazer com que a cidade tenha mais brincantes no próximo carnaval, entre turistas e moradores que podem deixar de procurar outros destinos para ficar na cidade.

por André Luis

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *