Nesta quarta-feira (1º), o Ministério da Previdência Social e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciaram que trabalhador afastado por auxílio-doença poderá retornar ao trabalho antes do fim do prazo e sem precisar de perícia médica.

A medida visa diminuir o tempo de espera nas filas e antecipar os atendimentos atrasados.

O beneficiário deve pedir o fim do auxílio na agência do INSS ou pela Central 135.

Também foi anunciada a prorrogação automática do auxílio-doença a cada 30 dias. Ela será feita independente do tempo de espera para perícia médica.

De acordo com o INSS, havia 624 mil brasileiros aguardando por perícias médicas em setembro. Desses, 282 mil esperavam por mais de um mês na fila.

Além disso, cerca de 150 mil pessoas que têm perícias médicas agendadas para extensão do auxílio-doença enfrentam demora para receber atendimento.

por Afogados Online 

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *