Segundo Assis Barros falando agora há pouco ao Rádio Vivo, da Rádio Pajeú, com Júnior Cavalcanti, o corpo de Severino Magno Salvador Barros, que morreu no dia 16,  aos 37 anos em Hudson, Massachusetts, Estados Unidos, já está no Brasil.

Entretanto, ele luta para liberação na Polícia Federal em Recife. Assis reclama a falta de planonista para esse ipo de procedimento. O corpo chegou ontem de um voo vindo de Lisboa, mas como não havia ninguém no Departamento responsável pela liberação, o corpo só deve ser liberado esta manhã. Até o Desembargador Alberto Noogueira foi acionado para auxiliar a liberação em Recife, no Aeroporto dos Guararapes.

Dia 26, o corpo saiu de Boston às 18h10, hora local, com destino a Lisboa, onde chegou na manhã do dia seguinte. De Lisboa, seguiu em um voo para Recife. Chegou na capital pernambucana na noite de ontem.

Assim, será velado no Cine São José a partir das 13h, de acordo com previsão da família. O sepultamento deverá ocorrer a partir das 5 da tarde, no cemitério São Judas Tadeu.

Magno foi encontrado morto no banheiro de sua casa no último sábado. A hipóetese mais provável é de que tenha sofrido um infarto. Ele tinha dupla cidadania. Ficou no Estados Unidos após os pais, Assis e Rosane Barros, retornarem para residir em Afogados da Ingazeira, depois de décadas na América trabalhando na construção civil. Ele tinha mais dois irmãos.

por Nill junior 

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *