O salário mínimo deve subir de R$ 1.320 para R$ 1.412 em 2024. O aumento corresponde a uma alta de 6,97%, ou de R$ 92.

O cálculo de reajuste foi feito pelo economista-chefe da Ryo Asset, Gabriel Leal de Barros. Foi possível chegar ao valor depois da divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) nesta terça-feira (12). Acumulou uma taxa de 3,85% em 12 meses até novembro.

Eis a íntegra do relatório.

O novo cálculo de reajuste do salário mínimo, aprovado em agosto de 2023, considera o INPC até novembro do ano anterior (2023) e a variação da atividade econômica de 2 anos anteriores, ou seja, em 2022 no caso do ano de 2024 como referência. Em 2022, o Produto Interno Bruto (PIB) subiu 3%.

Passe o cursor no infográfico abaixo para visualizar os valores:

O relatório do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2024 prevê um salário mínimo de R$ 1.421. Na prática, é R$ 9 maior que o valor que deverá ser efetivado. O motivo para a diferença é a trajetória mais baixa da alta do INPC.

Gabriel Leal de Barros avalia que o aumento do salário mínimo de R$ 1.320 para R$ 1.412 vai aumentar os gastos públicos em R$ 37 bilhões no próximo ano em comparação com 2023. O acréscimo se deve aos itens que são indexados ao salário mínimo, como, por exemplo, aposentadorias e pensões.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *