O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Andrei Passos Rodrigues, disse que os responsáveis pelo plano de enforcar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) na Praça dos Três Poderes serão revelados “em breve”. O ataque contra Moraes estava planejado para ocorrer durante a invasão dos prédios públicos em Brasília e foi descoberto pelas investigações posteriores aos ataques de 8 de janeiro.

Em entrevista ao jornal O Globo divulgada nesta quinta-feira, 4, Moraes disse que foram encontrados três planos elaborados por golpistas contra ele. Um consistia na sua prisão pelo Exército, outro a sua execução e um terceiro, ainda mais extremo, previa o seu enforcamento na capital federal. “Para sentir o nível de agressividade e ódio dessas pessoas, que não sabem diferenciar a pessoa física da instituição”, afirmou Moraes.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *