Um balanço do Ministério da Saúde mostra que, ao longo de oito meses (março a outubro de 2023), houve redução das filas de espera no Sistema Único de Saúde (SUS) para a realização de exames, consultas e cirurgias eletivas. No período, em todo o País, foram realizadas 350.225 cirurgias no âmbito do Programa Nacional de Redução das Filas em todo o Brasil, o que representa 72% do proposto.

Em Pernambuco, foram realizados 13.660 procedimentos ao longo dos oito meses. Esse total representa um crescimento de 18%, em comparação com o mesmo período de 2022.

Para dar continuidade è expansão no Estado este ano, o Ministério da Saúde já disponibilizou R$ 54,4 milhões para Pernambuco prosseguir com o programa.

No Estado, o Hospital Regional de Salgueiro, no Sertão, foi o primeiro a zerar a fila de cirurgias reprimidas, em novembro do ano passado. A unidade realizou cerca de 2.500 cirurgias em 2023. O número foi alcançado com a realização de mutirões proporcionados pelo programa do governo do Estado, o Cuida PE.

Os procedimentos mais realizados pelo programa foram cirurgia de catarata, retirada da vesícula biliar, do útero, cirurgia de hérnia e remoção das hemorroidas. O Ministério da Saúde também expandiu, em 2023, o rol de ofertas com a inclusão de procedimentos de alta complexidade como cirurgias cardíacas, oncológicas e ortopédicas.

por Afogados online 

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *