Dados do Censo 2022 divulgados nesta sexta (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que moradores de Pernambuco têm a maior dependência de carros-pipa em todo o Brasil.

Segundo o estudo, sete em cada dez pernambucanos têm rede geral como principal forma de abastecimento de água.

No entanto, a proporção de pernambucanos que têm carro-pipa como fonte prioritária é a maior do país

Em Pernambuco, 70,6% dos habitantes têm a rede geral de distribuição como principal forma de abastecimento de água em suas residências.

Essa porcentagem está abaixo da média nacional (82,6%).

O IBGE também divulgou dados sobre o acesso à rede geral de esgotamento sanitário.

No estado, esse índice ultrapassou 52% dos pernambucanos em 2022.

Isso significa um aumento, já que, em 2010, no levantamento anterior, eram 41%.

O instituto repassou, ainda, informações sobre coleta de lixo.

Nesse quesito, houve ampliação do serviços no estado.

Em 2020, 79,7% dos pernambucanos eram atendidos. Em 2022, o índice saltou para 84,69%.

A maior parte dos pernambucanos ainda vive em casas, mas o número de moradores de apartamentos vem crescendo.

Em 2022, 88,36% dos habitantes do estado moravam em casas.

Já o percentual de pessoas que mora em apartamentos em Pernambuco subiu de 7,23%, no Censo 2010, para 10,5%, no Censo 2022.

por Afogados online 

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *